07 junho 2013

Ministério das Comunicações lança concurso para Técnicos de Nível Superior

Ministério das Comunicações informa que fará realizar processo seletivo para a contratação temporária de 119 Técnicos de Nível Superior. Desse total, sete vagas serão para pessoas com deficiência.

Ministério das Comunicações lança concurso para Técnicos de Nível SuperiorAs oportunidades serão distribuídas entre atividades técnicas de suporte - nível III - especialidades I, II, III, IV, V, VI, VII, VIII, IX, X e XI do projeto "Redução de Estoque de Processos de Radiodifusão"; especialidades XIII, XIV e XV para o projeto "Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações"; especialidade XVI para o projeto "Sistema Alerta de Emergência"; especialidades XVII, XCIII, para o projeto "Regime Especial de Tributação do Programa Nacional de Banda Larga"; atividades de complexidade intelectual - nível IV - especialidade XII para o projeto "Cidades Digitais"; especialidades XVIII e XIX, para o projeto "TV Digital", especialidade XX para o projeto "Lançamento do Satélite Brasileiro", especialidade XXI para o projeto "Sistema Unificado de Informações sobre Telecomunicações". Além disso, haverá oportunidades paraatividades técnicas de suporte - nível III - especialidades XXII e XXIII e atividades de complexidade gerencial - nível V - especialidades XXIV e XXV, sem estar ligadas a projetos.
Para concorrer aos cargos destinados às atividades técnicas de suporte - nível III o candidato deve possuir graduação em Direito, Ciências Contábeis, Engenharia e Administração. Já para as funções destinadas às atividades de complexidade intelectual - nível IV, o candidato deve ter graduação em Administração, Informática, Ciências Sociais Aplicadas, Economia, Direito e Arquivologia.
Os interessados nas vagas de complexidade gerencial - nível V, por sua vez, devem ter graduação em Administração, Engenharia, Direito, Ciências Contábeis, Arquivologia, Engenharia, Economia e Estatística. Por fim, para as vagas não ligadas a projetos o candidato pode possuir graduação em qualquer área (especialidade XXII), Arquivologia, área de Humanas (especialidade XXIV) e ainda, na área de Tecnologia da Informação (especialidade XXV).
As remunerações serão de R$ 8.300,00 para as especialidades XI, XXIV e XXV, de R$ 6.130,00 para as especialidades VI, VII, VIII, IX, X, XII, XVII, XVIII, IXI, XX e XXI e de R$ 3.800,00 para as demais. Em comum, todos os profissionais terão jornada semanal de 40h.
Para concorrer bastará realizar inscrição de 17 de junho a 8 de julho pelo endereço eletrônico www.cespe.unb.br, com taxas de R$ 85,00 para nível III, R$ 100,00 para nível IV e R$ 110,00 para nível V. Mas só poderão solicitar isenção de pagamento candidatos que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), de que trata o Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007; e que sejam membros de família de baixa renda, nos termos do Decreto nº 6.135, de 2007.
A previsão é de que haja prova objetiva de conhecimentos básicos (P1) e conhecimentos específicos (P2), com 50 e 70 questões respectivamente, na data prevista de 18 de agosto, na parte da tarde. O local, horário e dia das avaliações serão divulgados em 5 de agosto no Diário Oficial da União. Mas o candidato deve, obrigatoriamente, acompanhar as informações do certame no site do concurso.
O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) será o responsável pela seleção.
Fonte: www.in.gov.br.